Make your own free website on Tripod.com
   


Produto, produto, produto

Desde o primeiro passo na TV, percebeu-se que anunciar um produto, ou melhor, o patrocinador era um bom negócio, como no Clube do Guri, na TV Tupi. Isso é normal e é feito por atletas, rádios, projetos. O problema maior começou quando certos apresentadores passaram dos limites.

Aconteceu uma super venda da imagem deles mesmos. Faziam comerciais de si mesmos, de seus discos e de uma série de produtos. Além disso, a repetição sempre da mesma coisa traz a vontade na criança em poder participar do auditório e comprar esses produtos. Esse tipo de coisa causa frustração nas crianças, pois nem sempre são possíveis adquiri-los. Essas pessoas deixaram de ser apresentadores e tornaram-se uma marca vendável como qualquer produto por aí.

A televisão brasileira acaba formando consumidores em potencial e não cabeças pensantes. É realmente prejudicial para o crescimento psicológico e educacional da criança. Sendo assim, melhorar sensivelmente a forma, linguagem ou conteúdo da TV depende do telespectador. Ele é o responsável pela audiência e imagem. Dessa forma, se o público parasse de assistir, comprar isso, de cair no marketing dos programas, o que aconteceria?

O início de tudo, depois...
Evolução dos programas infantis
Ainda bem que existem exceções
Produto, produto, produto
Tudo pela audiência

Bibliografia

[anterior] [próximo]
[volta]